Header Ad

Categories

Most Popular

SINPRO-ES conquista avanços no ACT 2020/2021 do SESI

O Sindicato dos Professores no Estado do Espírito Santo (SINPRO-ES) conquistou avanços significativos nas negociações para homologação do novo Acordo Coletivo de Trabalho 2020/2021 do SESI, mesmo em meio a atual crise social e econômica, instaurada pela pandemia de Covid-19.

O Sindicato realizou consulta pública, nos dias 05 e 06 de agosto, junto aos professores que atuam na rede SESI no Estado, para aprovação de mudanças no novo ACT. Os professores aprovaram as conquistas obtidas pelo SINPRO-ES.

Após muito empenho e intensas negociações, o SINPRO-ES obteve a continuidade do pagamento do tíquete dobrado em outubro (R$ 550,00), o pagamento do teste de Covid-19 para todos os professores que retornarem às aulas e a manutenção de todos os benefícios: tíquete alimentação, salários, plano de saúde, descontos nas mensalidades dos filhos, seguro, auxílio creche, auxílio acidentário, auxílio ao filho deficiente, acompanhamento de filho menor, garantia de intervalos, garantia de recesso em julho, dias vedados ao trabalho, pagamento de horas de treinamento e manutenção dos valores da hora aula, independentemente das dificuldades enfrentadas na pandemia (garantia do poder de compra do professor).

Os professores concordaram também com as alterações conquistadas pelo SINPRO-ES nas cláusulas 4ª – Pagamento até o 15º (décimo quinto) dia do mês, a título de adiantamento, o pagamento de 40% (quarenta por cento) dos salários devidos e o restante até o final do mês; 5ª – Mudança no pagamento da contrapartida do professor na mensalidade escolar de filho: antes pagava-se 1% da Renda do Professor, agora terão desconto de 90% na mensalidade. Levou-se em consideração a Mensalidade Média – Mais vantajoso ao professor; 15ª – Ponto de Exceção – O Professor somente registrará o ponto em caso extraordinário, ou seja, em caso de horas extras. Em não batendo o ponto será considerada cumprida a Carga Horária Normal; cláusula 3ª – Mesmo com a aguda crise social e econômica atual, será garantida  a manutenção dos valores da hora aula até 01 de março de 2021.

Diante do posicionamento dos professores, o SINPRO-ES está adotando todos os procedimentos necessários para concluir as negociações e homologar o novo Acordo Coletivo de Trabalho 2020/2021.