Header Ad

Categories

Most Popular

Mais vivos e fortes do que nunca!

O 1º de Maio é um marco histórico para nós trabalhadores e trabalhadoras de todo o mundo. Comemora-se, acima de tudo, o enfrentamento dos trabalhadores contra à exploração do Capital, e na defesa dos nossos direitos.

Nós no Estado do Espírito Santo,temos este 1º de Maio como momento ímpar para reflexão e posicionamento não só em defesa desses direitos, mas da melhoria das condições de trabalho e da valorização profissional, principalmente nesta fase de pandemia que nós professores estamos trabalhando de forma exaustiva para a educação não parar.

Não fosse a pandemia e a necessidade de isolamento social, ganharíamos as ruas, mais uma vez, para protestar e mostrar a nossa força. Neste ano, porém, vamos inundar a web e as redes sociais com nossas mensagens, para fazer chegar aos empregadores e à sociedade as nossas pautas de reivindicações e melhorias.

Neste ano, o SINPRO/ES completa 65 anos de luta em defesa dos direitos e manutenção das conquistas das professoras e professores da rede particular de ensino do Estado do Espírito Santo.

Hoje somos um sindicato forte e combativo, pois estamos de mãos dadas e ombro a ombro com você professor / professora. Só por isso conseguimos atuar com postura firme nos conflitos entre capital e trabalho, em defesa dos nossos direitos, buscando uma sociedade mais justa e igualitária. Sempre junto a outras categorias defendendo a diminuição das desigualdades sociais do nosso pais.

Desde a sua fundação, em junho de 1955, o SINPRO/ES se dedica, dia após dia, a conhecer profundamente as dificuldades, os desafios e os anseios da nossa categoria.

Um dos resultados deste trabalho e que nos orgulha profundamente é ter uma das melhores Convenções Coletivas de Trabalho (CCT) do Brasil, e ótimos  Acordos Coletivos de Trabalho, como no SESI, MEPES e cooperativas do nosso estado.

Avançamos bastante, mas sabemos que a situação, ainda não é a ideal: baixa remuneração, pouca articulação entre escola e família, excesso de alunos por turma, escassez de recursos, dentre outras dificuldades. Poderia listar aqui muitas outras.

Muitos são os desafios a serem vencidos para um cenário de maior reconhecimento e valorização da categoria no ES, e em âmbito nacional, mas juntos com vocês professoras e professores tenho certeza de que vamos avançar.

Neste 1º de Maio, rendemos homenagem a todas trabalhadoras e trabalhadores deste país, mas fazemos questão de ressaltar a importância do trabalhador da educação. Quero neste momento dividir com você a célebre afirmação do professor e escritor mineiro Rubem Alves: Ensinar é um exercício de imortalidade. De alguma forma continuamos a viver naqueles cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra. O professor, assim, não morre jamais…”

Neste 1º de Maio estamos mais vivos e fortes do que nunca!

Abraço a todos
#nenhumprofessoramenos